A força do grupo e o medo de ser feliz por Leandro Sosi


Eu estava indo à padaria a passos curtos e descontraídos com o intuito de comprar um picolé, enquanto isso, meu corpo obedecia o ritmo da digestão do almoço e desejava uma sobremesa. Desviei o olhar para o boteco do outro lado da rua e notei uma pequena movimentação: dois garçons encostados na parede, em posição de relaxamento, pano de prato por cima do ombro... e mais 3 homens, jovens, vinte e poucos anos, fortes, um deles de boné, sentados à mesa vermelha de plástico, dando a impressão de estarem levemente alcoolizados. O que me chamou a atenção foi que todos os cinco estavam olhando para uma mesma direção, exatamente como aqueles leões famintos que pousam o olhar de caçador a uma zebra desgarrada da manada em plena savana africana.

 

Girei o pescoço para verificar o que tanto observavam, apesar de já ter desconfiado: a alguns metros dali, estava uma moça loira, de corpo atlético, trajando roupa de ginástica, enquanto caminhava e mexia no celular, visivelmente desconfortável. Ela dava a entender, dada a direção que tomava, que já havia passado pela mesa deles. Enquanto ela se afastava, pude ouvir um dos garçons dizendo:

 

- E tem gente que não gosta disso.

 

Todos eles deram uma risadinha arrogante, como quem não quer deixar margem para duvidarem de suas masculinidades. Menos um deles, que olhava para o chão, o qual pude captar um certo constrangimento e um sorriso bem forçado.

 

Bom... por que estou contando isso?

 

Essa cena lamentável e infelizmente bastante cotidiana me fez refletir sobre o poder da egrégora e sua influência sobre nosso comportamento. Mas o que é egrégora? É a força gerada pelo somatório de energias físicas, emocionais e mentais de duas ou mais pessoas, quando se reúnem com qualquer finalidade[1], por exemplo um grupo de amigos.

 

Faça uma breve análise do seu círculo de amizades. Já teve a sensação de estar no grupo "errado"? Que não tem nada a ver com você, com sua personalidade, com seus valores, mas que você os aguenta por puro comodismo? Pessoas com prazo de validade, as quais você suporta apenas por algumas horas, porém sente um receio imenso em realizar uma viagem com elas, por exemplo, pois você sabe que vai se aborrecer?

 

Sabe qual é o perigo? De você acabar se tornando uma delas.

 

Agora, imagine-se cercado de pessoas realmente felizes, bem-educadas, dotadas de boa autoestima, donas de si, inteligentes, respeitosas, dinâmicas, informadas, simpáticas. Ó, céus, não tenha dúvidas de que fará uma diferença absurda na sua vida.

 

Seu círculo de amizades é uma das coisas mais importantes que existem: são aquelas pessoas que podem lhe estimular a ser alguém cada vez melhor, ou que podem oferecer uma grande resistência à sua evolução pessoal.

 

No caso daquele rapaz, não tive dúvidas de que ele estava se sentindo no grupo errado, na hora errada. Ele não queria desrespeitar aquela moça. Ele não queria concordar com a atitude e o comentário infeliz daqueles garçons. Talvez ele até não quisesse estar bebendo.

 

Não tenha medo de se afastar das pessoas que lhe sugam, que te deixam para baixo, que estão sempre fazendo brincadeiras irônicas e destrutivas que ferem seus sentimentos e os sentimentos dos outros, que possuem valores duvidosos... não há necessidade de se violentar dessa maneira. 

 

Mantenha-se cercado de pessoas positivas, de astral elevado, divertidas, inteligentes. Acerte na escolha de sua egrégora. Sua vida vai mudar instantaneamente.

 

 



[1] Definição do Professor DeRose, em seu livro Karma e Dharma.



Siga-nos

DeROSE Method Vila Mariana
Desenvolva o foco e a clareza mental, aumente sua vitalidade e gerencie seu nível de stress.

Instagram




Sobre

O DeROSE Method é uma proposta de reeducação comportamental, que desenvolve a alta performance e melhora a qualidade de vida.

Nosso método desenvolve sua habilidade de silenciar a sua mente, e melhorar a clareza mental. Por outro lado, aumentará sua vitalidade e nível de energia, desenvolvendo um corpo saudável que contribuirá para uma mente também saudável.